Quais são os principais tipos de Resina para Madeira?

Resina Para Madeira

A opção de resina para madeira está sendo cada vez mais considerada pelos marceneiros e, também, até por quem deseja mudar o visual da casa ou produzir algo por si próprio.

Isso porque os benefícios dessa solução são diversos. Além disso, sua aplicabilidade é muito grande, podendo explorar as peças de madeira de uma forma nunca vista antes.

O valor agregado de peças tratadas com resinas (ou decoradas com ela, como veremos em alguns desses capítulos) é muito alto, podendo até mesmo se tornar uma grande fonte de renda para quem está em busca do negócio próprio.

Resina Para Madeira

O que é uma resina para Madeira?

Quando falamos em resina para madeira estamos nos referindo às substâncias que podem ser usadas sobre esse material. Por se tratar de algo natural, a madeira não aceita todos os tipos de produtos.

O objetivo das resinas é claro: proporcionar propriedades que não são naturais da superfície ou otimizar características já existentes.

No caso das resinas, há diversas variedades desse mesmo produto e, consequentemente, a finalidade de cada uma delas se difere. Dito isso, cada tipo de resina irá resultar em propriedades diferentes.

Não há como dizer qual tipo de resina é melhor, é preciso alinhar as características desejadas com cada tipo de resina. Mas, de forma geral, podemos atribuir algumas finalidades para a resina para madeira:

  • Durabilidade

As resinas de modo geral aumentam a durabilidade da superfície. No caso da madeira, isso é algo fundamental, pois por ser uma matéria-prima natural ela tem susceptibilidade a se deteriorar.

  • Resistência

As madeiras são resistentes (variando um pouco o nível de resistência de espécie para espécie), mas a resina consegue aumentar ainda mais essa propriedade. Riscos e buracos são mais difíceis de aparecerem.

  • Brilho

Quando falamos em resina é quase impossível não citar o brilho. A solução tem a capacidade de proporcionar mais brilho às superfícies. E para que não gosta desse estilo e prefere algo opaco, há também algumas versões nesse sentido.

  • Proteção aos agentes químicos

Isso está ligado à durabilidade. Normalmente usamos a madeira para produzir móveis, portas, pisos e janelas, coisas que estão em constante contato com produtos químicos (produtos de limpeza, por exemplo).

A resina é uma ótima forma de conservar a madeira, mesmo que sejam usados alguns produtos para a sua limpeza.

  • Proteção aos agentes biológicos

Por muito tempo a madeira foi sinônimo de cupim dentro das casas. A resina para madeiras também resolve esse problema, pois a sua camada externa evita que os cupins se hospedem ali e comam a madeira.

  • Evita o estufamento da madeira pela umidade

Quando a madeira não é tratada é muito comum que ela inche ou estufe. Isso ocorre por conta da umidade do ambiente (ou quando é jogado água na madeira).

A resina é uma ótima forma de proteger a madeira nesse sentido, visto que é uma substância impermeabilizante, ou seja, não permite a entrada de água.

O que é e qual o rendimento de uma resina epoxi para madeira?

Quando o assunto é resina para madeira é preciso pontuar um tipo de resina: a resina epóxi.

O epóxi é um material semelhante ao plástico e para usá-lo efetivamente como resina é preciso misturá-lo em um agente catalisador (conhecido como endurecedor) que tem por finalidade endurecer a substância até a sua cura.

Esse material é muito conhecido e tem ganhado cada vez mais espaço no mercado. Pode ser usado de diversas formas além da madeira e no curso de resina é possível compreender como utilizar esse material.

A substância compartilha das principais características das resinas e agrega ao material muito brilho. Pode ser encontrada e sua forma transparente em diversas tonalidades, abrindo um leque de possibilidades de aplicação nas madeiras.

É muito interessante porque é possível construir camadas grossas com esse material, podendo não somente revestir a madeira, mas como compor a parte de um móvel (isso será discutido mais a frente).

Para quem tem a intenção de trabalhar com a resina tipo epóxi é importante saber sobre a sua rentabilidade. Veja bem, o rendimento do material depende muito do fornecedor, de como a mistura (resina + endurecedor) é preparada e, claro, de como ela é aplicada.

Quando tudo é feito seguindo as recomendações, normalmente a primeira camada de epóxi consegue cobrir uma superfície de 6 m² por quilo de material pronto.

Na segunda camada em diante, é possível cobrir 8 m² por quilo de material. Então, supondo que seja realizada a cobertura de uma mesa com 3 m², será necessário apenas 1 kg de resina epóxi.

A primeira camada de resina para madeira rende menos porque ela entrará em contato direto com a madeira, que é uma superfície porosa, então haverá a absorção do material pelos poros.

Resina Para Madeira

Resina para piso de Madeira

Quando falamos em resina para pisos de madeira normalmente estaremos nos referindo às outras resinas além do epóxi. O epóxi é uma substância que constrói grossas camadas, sendo ideal para fazer composições.

No caso dos pisos, a grande maioria das pessoas opta por passar algumas camadas de resinas apenas para dar um acabamento no material (uma ótima opção é a resina acrílica, por exemplo).

A resina aplicada no piso irá conferir todos os benefícios que foram citados logo no começo, incluindo o brilho.

Normalmente as pessoas não optam por isso logo de cara (ou seja, logo após instalar a madeira já aplicar a resina), mas, sim, após algum tempo do piso já instalado.

Isso porque a madeira começa a se mostrar de difícil manutenção e suas propriedades estéticas vão se comprometendo ao decorrer do tempo. Muitas pessoas, para resolver de vez o problema e deixar o cômodo ainda mais charmoso, passam a apostar na resina.

Entretanto, esperar para aplicar a resina para madeira pode ser um erro! Deixar a madeira sem nenhum tratamento é um gatilho para que ela estrague logo.

O piso de madeira não é barato e sua instalação também possui alto valor. Dessa forma, optar por alternativas para aumentar a sua resistência e durabilidade é algo imprescindível.

É possível encontrar resinas incolores, onde a única coisa que mudará é o brilho do material, ou resinas um pouco mais escuras. Essas versões são interessantes para quem deseja mudar a tonalidade da madeira.

Então, resumindo, a resina é uma ótima forma de proteger o piso de madeira, dar brilho e agregar mais estilo ao ambiente.

Sobre o epóxi, há a possibilidade de aplicá-lo nos pisos de madeiras, mas não é algo tão comum. É necessário um epóxi com níveis de transparência para aparecer a madeira (se o intuito for deixar o material exposto).

As vantagens? Será possível dar a impressão de que todo o piso é uma coisa só! Isso traz um ar mais clean para o cômodo.

Entretanto, para que tudo isso seja efetivamente conferido é fundamental que a aplicação da resina seja feita de forma correta.

Introdução à aplicação da resina em madeira

Os passos que serem dados a seguir são válidos para qualquer resina para madeira.

É fundamental dar atenção a esses procedimentos e dicas, pois somente dessa forma é possível garantir que o resultado final seja satisfatório a ponto de atender as expectativas.

  1. Escolha da madeira

O primeiro passo é a escolha da madeira. Há diversas espécies de árvores e cada uma delas possui as suas respectivas características. Dessa forma, existem madeiras que são apropriadas para determinados fins e outras não.

Sendo assim, o primeiro ponto a ser levantado é: o que será feito e qual madeira é mais ideal para essa funcionalidade.

De modo geral, as madeiras maciças como ipê, cumaru, cedro, maçaranduba, muiracatiara, jatobá, pinus e teca são boas opções.

Nesse estágio, talvez seja interessante conversar com a madeireira e expor o que você pretende fazer, qual a cor de madeira que você deseja e onde essa madeira ficará (ambiente interno ou externo).

Os profissionais do ramo são os que mais têm experiência no assunto e saberão dizer qual é a melhor opção.

  1. Escolha do fornecedor

Escolher o tipo de madeira não é o suficiente, é fundamental saber escolher o fornecedor.

Primeiramente, é IMPRESCINDÍVEL adquirir madeira somente de madeireiras que possuam os devidos certificados, comprovando que a madeira ali vendida é extraída legalmente.

Feito isso, é fundamental checar alguns parâmetros, como a qualidade do processo de secagem das toras.

Mesmo que uma madeira de qualidade tenha um valor mais elevado, é essencial optar por ela.

Os móveis, pisos, portas ou qualquer outra coisa de madeira são implantados pensando em grande durabilidade, então é melhor escolher uma madeira que corresponda a essas expectativas.

  1. Tratamento da madeira

Agora começará de fato os passos para aplicar a resina para madeira. Estando a peça desenvolvida (mesa, porta, piso instalado, etc) é o momento de lixar.

As peças devem ser devidamente lixadas, onde o lixamento deve começar com lixas mais grosseiras e ir diminuindo até as lixas mais finas. O acabamento não pode ser lascas ou imperfeições.

  1. Limpeza

É essencial limpar muito bem a madeira, pois o pó de serra irá interferir no resultado final. A dica é passar uma escova grande pela peça toda, passar aspirador e, depois, passar mais uma vez a escova (que deve estar totalmente limpa).

  1. Aplicação da resina

Feito isso, está na hora de aplicar a resina. Isso deve ser feito de acordo com as instruções do fabricante.

No caso da resina acrílica, por exemplo, ela pode ser passada com pincéis ou com rolos. A aplicação pode ser feita em duas camadas para aumentar ainda mais as propriedades sinergéticas.

Resina para Mesa de Madeira

A mesa resinada pode aparecer de diversas formas. A primeira opção é usar a resina acrílica para recobrir a madeira, proporcionando boas características e o brilho também.

Até aí não tem muito segredo, assemelha-se ao verniz e a peça se mantém exatamente da mesma maneira.

Entretanto, há uma tendência que vem crescendo muito no mercado, produzindo peças com ALTÍSSIMO valor agregado: são as mesas com resina epóxi.

A resina epóxi traz uma superfície praticamente 3D, indo além da cobertura e do acabamento.

No caso das mesas, é possível fazer isso de duas maneiras: usar a resina para madeira para recobrir toda a mesa ou usá-la para complementar a mesa.

O primeiro caso é bem simples, basta passar as camadas de epóxi com transparência na mesa. O móvel ficará com um aspecto de brilho e irá parecer que uma camada de vidro recobre a madeira. É elegante e muito estiloso.

A outra forma, que se tornou a queridinha dos designs, é usando pedaços de madeiras e moldes de epóxi para construir a mesa. Ou seja, a mesa não é feita somente de madeira, em seu formato há partes feitas somente de epóxi.

O resultado é uma mesa super estilosa, moderna e sofisticada. É possível construir n possibilidades usando essa técnica, pois há como misturas cores, texturas e estampas.

Uma mesa pequena nesse estilo pode ser vendida por mais de R$3.000,00. É um produto com altíssimo valor agregado.

Onde Comprar Resina Epóxi para Madeira?

Sabendo quais são as possibilidades, onde comprar a resina epóxi? A resina para madeira, resina para artesanato, resina cristal e diversos outros tipos de resina podem ser encontrados em lojas de material de construção.

Em alguns casos é possível encontrar em papelarias, por exemplo, pois é efetivamente muito comum utilizar o material para fazer artesanato.

No caso do epóxi e de outras resinas que necessitam de agentes catalisadores, é mais interessante encontrar fornecedores que ofereçam o kit completo, pois há instruções mais precisas sobre o manuseio do material.

Resina Líquida para Madeira!

A resina líquida é um ótimo material para dar o acabamento na madeira, quanto a isso não restam dúvidas.

Em casos onde será usado o epóxi, é preciso tomar cuidado, pois sua aplicação deve se dar no estado líquido, mas após a mistura com o catalisador a substância começa a endurecer aos poucos.

De qualquer maneira, a aplicação não é das mais complexas, sendo necessário somente comprar os materiais certos, seguir os tutoriais e fazer tudo com muita calma.

Em projetos mais complexos, como a mesa utilizando resina epóxi, a prática é fundamental para levar à perfeição, então a dica é começar com coisas pequenas para pegar o jeito.

A resina para madeira irá garantir estilo, durabilidade e resistência às peças de madeiras, sejam pisos, mesas, cadeiras, portas, etc.