Guia Completo sobre Resina Epóxi!

A resina epóxi é um material amplamente utilizado hoje em dia e isso não é à toa: esta resina tem ótimo custo x benefício, alta trabalhabilidade e é possível desenvolver várias coisas com esse material.

Quem está pensando em reformar a casa ou até mesmo seguir um novo caminho como empreendedor e tem certa habilidade com coisas manuais pode apostar no epóxi como uma alternativa.

Aqui será falado um pouco mais sobre o material epóxi em si, quais são as suas vantagens, como é possível aplicá-lo, cuidados necessários ao manuseá-lo e muitas outras informações.

O que é resina epóxi?

A resina epóxi é considerada uma resina termorrígida de alto desempenho. É um material desenvolvido pelas ligações químicas entre os radicais epóxi (daí o nome da resina).

Através do processo de polimerização ao adicionar um agente catalisador (os comercialmente chamados de “endurecedores”) se torna uma resina termofixa.

Quando os catalisadores são adicionados eles agem com a resina de forma irreversível. Ou seja, após o processo de cura não é possível voltar a moldar o material (ao contrário da resina acrílica, por exemplo).

Na verdade, todos os materiais homogêneos isotrópicos, que é o caso dessa resina, apresentam essas características mecânicas – que podem ser consideradas limitadas.

Entretanto, a mistura de componentes pode resultar em materiais bem interessantes. No caso da resina epóxi, há algumas variedades do material (como será discutido mais adiante).

O epóxi é um material que pode ser usado de diversas formas e seu uso tem se tornando cada vez mais amplo nos mais variados mercados. Algumas de suas utilidades são:

  • Resinas de laminação
  • Pisos
  • Revestimento
  • Adesivos
  • Selantes
  • Tintas
  • Vernizes

E dentre esses grupos de utilidades há diversas questões que podem ser exploradas.

Hoje em dia, a resina epóxi tem sido muito utilizada no ramo da construção civil. Além disso, o material se tornou o queridinho dos arquitetos e dos designs de interiores, pois sua versatilidade é muito grande.

Foi falado da estrutura química desse composto, mas o que ele é realmente? Em linhas gerais, o epóxi é um material sintético usado como revestimento.

Possui uma baixa viscosidade, sendo facilmente trabalhado, mas ao ser misturado com os endurecedores começa a passar do estado líquido para o estado em gel e, depois, para o estado sólido.

É possível construir uma camada grossa com essa substância, podendo ser utilizado como moldes e peças.

O aspecto dela é diverso, podendo se tornar um material transparente, opaco, colorido, texturizado e assim por diante. Mas, exceto quando há a exigência de algo fosco, normalmente o brilho é uma característica desejada desse material.

Quais as vantagens de utilizar a resina epóxi

A resina epóxi não é somente um produto para agregar caráter estético às peças. O material traz diversos benefícios, como:

  • Resistência

O primeiro ponto a ser salientado sobre o epóxi é a sua resistência. Quando aplicado sobre uma superfície ela se torna muito mais resistente ao choque ou à quebra, por exemplo.

  • Durabilidade

A durabilidade de qualquer superfície aumenta, afinal, está sendo inserida uma camada de proteção no material. Para superfícies que se desgastam mais facilmente a aplicação da resina é uma grande opção.

  • Evita riscos

Os riscos em mesas e pisos podem ser de grande incomodo para muitas pessoas (principalmente porque não é algo trocado com frequência). O epóxi evita riscos e mantém a superfície lisa.

  • Impermeabilização

As resinas são materiais totalmente impenetráveis. Sendo a maioria dos materiais porosos, isso é fundamental para colaborar com a durabilidade. No caso das madeiras, como será discutido mais à frente, faz toda a diferença.

  • Evita o desgaste ao intemperismo

Intemperismo químico, físico e biológico são menos intensos quando há a camada de epóxi. O material é pouco reativo, então acaba não sofrendo influência desses agentes.

  • Possibilita pisos monolíticos

Os pisos monolíticos são pisos sem rejunte. Essa é uma das aplicações mais fascinantes da resina epóxi. É possível usar o material diretamente como piso e sendo ele fluido há como espalhá-lo por toda a área sem nenhuma emenda.

  • Fácil limpeza

É muito fácil limpar pisos e móveis recobertos pelo epóxi. Como não é uma superfície porosa e nem reagente, basta passar uma vassoura e um pano úmido.

Resina Epóxi para Madeira

A resina para madeira pode ser a resina epóxi. A madeira é um material naturalmente poroso e aceita o epóxi muito bem!

Normalmente o epóxi é usado em pisos (quando transparente) ou em mesas (como falaremos no capítulo seguinte).

No caso dos pisos, normalmente o objetivo é dar mais brilho e maior proteção para as lâminas de madeira, então, a resina transparente é mais indicada nesses casos.

Dá um visual único, pois o epóxi não proporciona somente o brilho, mas, também, uma camada relativamente espessa e essa jogada 3D dá toda a diferença no visual.

Existem outros tipos de resina, como a resina acrílica, que permite somente passar uma pequena camada na madeira para protegê-la. Nesse caso, há resinas que também tem brilho, então traz um acabamento bem bacana para o piso.

O piso de madeira é uma opção um pouco complicada na construção civil, sendo necessário tomar todos os cuidados para que o revestimento dure bastante tempo.

Da extração da madeira até o tratamento, tudo deve ser de qualidade e devidamente instalado.

A resina epóxi é uma ótima alternativa, pois protege muito a madeira e faz a durabilidade aumentar de formas surpreendentes, principalmente pelo fato de tornar a peça impermeável.

Mesa com resina Epóxi

A mesa resinada com epóxi é uma tendência. Os designs de interiores estão apostando no visual que o epóxi proporciona e, além disso, as peças têm alto valor agregado.

Há duas possibilidades: simplesmente recobrir a mesa com epóxi transparente ou construir uma mesa com epóxi transparente e madeira.

Na primeira opção só serão passadas camadas de epóxi. Dá um aspecto muito bacana, pois parece que as coisas em cima da mesa estão “flutuando” e, além disso, o brilho que a resina proporciona é super estiloso.

A outra possibilidade é um pouco mais complexa e traz uma infinidade de modelos. O foco é usar a resina não somente como cobertura, mas como parte da mesa.

Então é possível fazer diversas construções entre resina e madeira. Dá ao móvel um ar rústico, mas, ao mesmo tempo, estiloso e requintado.

A resina epóxi tem sido usada para fazer de pequenas mesas a grandes móveis de centro.

Há também a possibilidade de fazer mesas sem o uso da madeira. Nesses casos, normalmente os designs apostam em muitas cores e até mesmo estampas.

É preciso entender que esse universo é muito amplo, pois o epóxi é um material extremamente versátil.

Tipos de Resina Epóxi

A resina epóxi em si possui determinados grupos e conhecê-los é importantíssimo para saber qual variante do produto usar. As principais categorizações são:

  • Resina Epóxi Rígida

A epóxi rígida é a mais utilizada, onde a substância se mostra bem líquida no começo após ser misturada com o endurecedor (agente catalisador) começa a ganhar viscosidade até endurecer totalmente.

  • Resina Flexível

Esta resina ainda é bem parecida com a anterior, mas a fórmula possui componentes que permitem ao material certo nível de elasticidade mesmo após a cura.

É muito interessante para a fabricação de chaveiros, bijuterias, componentes eletroeletrônicos e muitos mais.

Resina Epóxi Cristal

A resina epóxi cristal é uma das variedades da resina epóxi. No mercado do design ela é altamente procurada devido suas características estéticas.

Esta resina é totalmente transparente e sem cor alguma, parecendo, de fato, um cristal (e por isso o nome). Tem propriedades de rigidez e resistência como normalmente é atribuído ao epóxi.

Com ela é possível aplicar uma fina camada de material, promovendo um brilho impecável à superfície (além das outras características, como durabilidade).

Suas aplicações são diversas, visto que a transparência e brilho da substância caem bem em muitas coisas. De modo geral, a resina epóxi cristal é aplicada em:

  • Mesas
  • Laminação de composites
  • Bancadas
  • Revestimento
  • Como forma de impermeabilização
  • Aeromodelismo
  • Pisos para construção civil
  • Revestimento e impermeabilização de diversos materiais, incluindo isopor (não são todas as resinas que podem ser aplicadas em isopor)
  • Revestimento de pedras
  • Resina para artesanato
  • Nautimodelismo

Resina Epóxi Transparente

A resina epóxi não necessariamente precisa ser incolor, ela pode ser apresentada em diversas cores. Ou seja, a resina tem coloração, mas ainda é possível enxergar através dela.

Uma utilização para as resinas transparentes é em mesas de madeira, onde o objetivo é conseguir um móvel mais alternativo e colorido.

Essa técnica é muito utilizada em bares e restaurantes que desejam uma mobília mais “alegre”, mas que ainda seja fina.

Seja em resina epóxi transparente ou opaca e colorida, é essencial que a superfície esteja devidamente preparada para que o resultado atingido seja o esperado.

Entretanto, tratando-se da versão transparente, o trato com a superfície deve ser ainda mais criterioso, pois a transparência permite ver ainda mais as imperfeições.

Qual o preço de uma resina epóxi?

O valor da resina epóxi é muito variado, pois depende do tipo de epóxi e do fornecedor.

Mas, de modo geral, cerca de 1 kg de resina pode ser comprado por R$40,00. Esse valor, todavia, pode ultrapassar R$100,00.

Não é interessante olhar o produto mais barato do mercado e adquirir, pois é fundamental apostar em uma resina de qualidade. Sem esse pré-requisito, os resultados podem não atingir as expectativas, mesmo que a aplicação tenha sido feito de forma correta.

Outra questão que deve ser pontuada é sobre a rentabilidade. Às vezes compensa mais comprar um epóxi que seja mais caro, mas que garanta uma rentabilidade maior.

Sobre a compra, é sempre interessante comprar o kit, aonde vem a resina e o agente catalisador junto. Quando vendidos em conjunto é mais fácil acertar a medida na hora de misturar.

Onde comprar resina epóxi?

Normalmente todos os tipos de resina são vendidos em lojas de material de construção. É mais interessante buscar por nesses estabelecimentos do que em papelarias (onde também podem ser encontrados esses produtos).

As casas de materiais de construção normalmente oferecem preços melhores, além de uma variedade mais interessante de produtos.

Entretanto, se houver alguma loja especializada na venda de resinas, talvez essa seja a opção mais interessante.

Se houver fabricação própria, verifique as qualificações do produto e, se possível, a opinião de antigos clientes que compraram e utilizaram o material.

Como usar a resina epóxi?

Saber como usar a resina epóxi é bem discutido no curso para resina, mas, de modo geral, basta misturas as quantidades corretas de resina e endurecedor.

Essa etapa é fundamental para desenvolver uma boa solução, então é indicado que isso seja feito com o auxílio de uma balança.

Na maior parte das vezes são usadas 2 medidas de resina e 1 medida de agente catalisador, mas isso pode mudar um pouco de acordo com cada fornecedor (por isso é interessante comprar o kit).

É preciso se lembrar de que a partir do momento que ocorre a mistura o epóxi entra em processo de polimerização. Dito isso, todos os passos que devem ser feitos antes da aplicação já devem estar finalizados.

Ou seja, limpeza da superfície, delimitação de onde o epóxi será passado, equipamentos para utilizar durante o processo… enfim, tudo deve estar nos conformes.

Também é imprescindível se atentar a uma questão: o epóxi só tem aderência sobre superfícies porosas. Sendo assim, quando a região está polita ou envernizada, por exemplo, a aderência não será das melhores.

A superfície deve estar devidamente limpa, sem lascas ou desníveis. Após passar a primeira camada é necessário passar um rolo tira bolhas para que o epóxi não fique com pequenas bolinhas.

Não é um trabalho extremamente complexo, mas é algo que exige certa prática e bastante atenção nos detalhes.

A resina epóxi é um material MUITO interessante e tem diversas aplicabilidades. Com prática é possível fazer pisos, mesas e muitas outras coisas usando esse material. É algo que vale a pena investir, sem dúvida alguma!