Veja os detalhes sobre a Resina Acrílica!

A resina acrílica é uma das variantes da resina. Sua aplicação é muito ampla, indo de artesanatos até aplicações diretas no ramo da construção civil.

É uma das variedades mais buscadas no mercado por conta de suas principais características, que fornecem aos materiais onde ela é aplicada propriedades ainda mais interessantes.

Para saber do que se trata a resina do tipo acrílica, quais as principais diferenças dos outros tipos de resina, onde ela pode ser aplicada, valores e muitas outras informações, basta ler esse artigo até o final!

Resina Acrílica

O que é resina acrílica?

A resina acrílica é um tipo de resina que faz parte dos materiais denominados termoplásticos. Esses são derivados dos ácidos metacrílicos, ácidos acrílicos e mais diversos outros compostos.

Essa resina é classificada como resina sintética, ou seja, é o “oposto” de uma resina natural. Ela foi desenvolvida por cientistas e é obtida através de sucessivos processos químicos.

De modo geral as resinas sintéticas, incluindo a resina acrílica, são bem parecidas com as resinas naturais, mas há algumas resalvas: as versões sintéticas são desenvolvidas por polímeros mais estáveis.

Considerando que as resinas costumam ficar em contato com diversos agentes (físicos, químicos e até mesmo biológicos), contar com um material mais estável é essencial.

A resina acrílica, por exemplo, tem alta resistência ao calor, impacto e até mesmo aos raios ultravioletas (raios UV). Resinas que ficam muito expostas ao sol, por exemplo, devem ser preferencialmente sintéticas.

Além disso, a forma sintética proporciona maior resistência química, fazendo com que se mantenha em perfeitas condições por mais tempo.

Qual é a diferença entre o poliéster acrílico e a resina acrílica?

A categorização entre resina natural e sintética ainda é muito vaga, pois existem diversas variações nesses dois campos. Dentre todas as resinas sintéticas, a acrílica e a de poliéster se destacam.

Por isso é interessante discorrer um pouco mais sobre as principais diferenças de cada uma delas.

  • Resina de Poliéster

A resina de poliéster é uma variação bem barata no mercado de resinas sintéticas.

Tem como características principais o brilho, o que melhora a aparência das superfícies onde é aplicada. Apesar disso, a resina de poliéster está saindo aos poucos do mercado, pois o produto cura e endurece de tal forma que não tem muita formabilidade.

Outro ponto é a fragilidade, que é relativamente alta quando comparada à resina acrílica.

  • Resina acrílica

Indo na contramão da resina de poliéster, a versão acrílica cresce cada vez mais no mercado e tem ganhado o seu devido espaço por conta de suas características.

Mesmo que o preço seja um pouco maior que a resina de poliéster, a relação de custo x benefício é muito interessante.

É aplicada especialmente na produção e desenvolvimento de superfícies sólidas. Ao contrário da versão de poliéster, a acrílica possui formabilidade. Lê-se: ela se torna maleável ao ser aquecida e é possível trabalhar sua forma.

Outro ponto positivo para esse tipo de resina é sua durabilidade, que é muito alta. Os níveis de resistência à tração também são surpreendentes.

Isso tudo não quer dizer que a resina de poliéster seja ruim, apenas que, avaliando um quadro geral, talvez a resina acrílica se mostre mais interessante. Mas, claro, há aplicações onde a resina de poliéster é até melhor empregada.

Resina Acrílica ou Resina Epóxi

Agora vamos para outra definição: diferença entre resina acrílica e resina epóxi. Essa última é muito falada no ramo das resinas e é usada com as mais diversas finalidades.

Mais uma vez: a versão acrílica é um termoplástico, podendo ser aquecido e posteriormente trabalhado diversas vezes. Já o epóxi (e o poliéster também compartilha dessa característica) é considerado um plástico termo-endurecível.

Então, quando o epóxi é submetido ao calor (ou a um agente catalisador, que é o caso dos produtos denominados “endurecedores”) o material endurece e se solidifica. Não é possível alterar a sua forma aquecendo-o.

Isso quer dizer que a resina acrílica é melhor que a epóxi? Mais uma vez: não! A epóxi, por exemplo, é uma ótima opção para revestimentos. Sua aplicação é relativamente fácil e com um curso de resina introdutório é possível começar a desenvolver os primeiros projetos.

Cada resina possui a sua melhor forma de aplicação.

Propriedades da resina acrílica

Muitas são as propriedades que caracterizam a resina acrílica, dentre elas:

  • Esse tipo de resina tem alta e rápida fixação
  • É um material altamente resistente (considerando agentes químicos, físicos e biológicos)
  • São boas opções para usar em construção civil por conta de sua alta resistência ao impacto e pressão
  • Como tem propriedades fluidas é possível ser utilizada para fabricação de moldes e peças
  • É possível desenvolver formas mais duras de acordo com o processamento dos polímeros
  • Ela é um material impermeabilizando, sendo utilizado para recobrir superfícies e agregar a elas brilho e propriedades mais resistentes

Sobre sua função de recobrir superfícies, a resina acrílica pode ser usada em tijolos, telhas, concreto aparente, pisos, paredes e até mesmo madeira (como será falado em capítulos mais adiante).

Onde usar e não usar a resina acrílica

É importante salientar que algumas superfícies não recebem muito bem tal material, como: áreas enceradas, esmaltadas, vitrificadas, siliconadas, com hidrofugantes ou que não tenham níveis de porosidade.

O porquê disso é muito simples: é preciso que haja algum nível de porosidade para que a resina consiga aderir à superfície.

Outras aplicações – que talvez não sejam do conhecimento da maioria das pessoas – que são comuns quando o assunto é resina acrílica são:

  • Tinta acrílica (tintas comumente compradas como “tinta de tecido”)
  • Matéria-prima de máscaras
  • Fabricação de pneus
  • Produtos ortodônticos (como dentaduras)
  • Telas de telefone
  • Luzes de freio
  • Vitrines de aquário

Enfim, há realmente um leque de opções muito grande. Mas, de modo geral, a resina acrílica pode ser usada como forma de revestimento ou como matéria-prima para moldes (nos mais variados).

Resina Acrílica a base de água

Há uma variação da resina acrílica que é a base de água. É uma resina copolimerizada e altamente concentrada. Após a sua secagem há a formação de uma película que proporciona brilho, resistência, aderência, impermeabilização e flexibilidade.

Quando feita a base de água, essa resina pode ser aplicada em pisos (incluindo ardósia), concreto aparente, telhas e pedras.

Além disso, também é possível laminar a superfície com fibra de vidro para dar apoio em caso de aplicações na construção civil (evita trincar e rachamentos, por exemplo).

A resina a base de água é tem uma fluidez semi-pastosa, mas é de fácil aplicação e muito versátil pelo fato de ter a água como componente base.

Um detalhe interessante é que como não há solventes em sua composição pode ser aplicada onde a resina acrílica convencional não pode, como é o caso do isopor ou espuma de poliuretano.

Sobre a diluição, a resina pode ser dissolvida em 2 ou 3 partes de água, dependendo do objetivo e das recomendações dos fabricantes. A aplicação pode ser feita simplesmente imergindo a superfície (um tijolo, por exemplo) ou passando com rolo/pincel.

Compilando as vantagens da resina acrílica com base de água, temos:

  • É possível adicionar cor, visto que aceita muito bem corantes ou pigmentação à base de água também
  • Pode ser diluída em altas porcentagens
  • Pode receber pinturas depois de seca à superfície
  • Pode ser aplicada em diversos lugares
  • É fácil de manusear e tem uma ótima trabalhabilidade
  • Sua secagem é bem rápida
  • Alta absorção da substância nos poros da superfície
  • Alto rendimento
  • Relação de custo x benefício muito boa

Resina acrílica transparente

A resina tipo acrílica pode ser encontrada em sua forma transparente, mas muitos desejam colocar um pouco de cor (principalmente quando o objetivo é artesanato, como falamos em outro capítulo).

Um questionamento feito pelas pessoas que desejam utilizar a resina acrílica é sobre suas possibilidades de cores e pigmentações. Sendo um produto sintético, é muito importante pesquisar sobre antes de fazer alguma mistura.

No caso da resina tipo acrílica, praticamente todo pigmento seco pode ser utilizado para dar cor ao produto. Entretanto, se não houver nenhuma recomendação em ambos ou produtos (resina e pigmento) é interessante fazer um teste antes.

É possível adicionar cor tanto na forma opaca quanto transparente. Mas, atenção: os materiais normalmente são industriais e químicos, sendo fundamental conduzir tudo com muito cuidado e utilizando medidas de proteção (como luvas, por exemplo).

Sobre a forma como fazer isso, tudo depende muito do tipo de pigmento e das recomendações do fabricante. Sendo assim, ficar atento às instruções é algo fundamental.

Resina Acrílica para Madeira

Como dito anteriormente, a resina acrílica pode ser utilizada de diversas formas e cobrir diversas superfícies. Não poderia deixar de ser falado sobre a resina para madeira.

A madeira é um material que nunca sai de moda e sempre terá um valor agregado altíssimo. Móveis, portas e janelas feitos com esse material natural trazem ao ambiente um estilo elegante, sofisticado e delicado.

Entretanto, por se tratar de um material natural, a madeira é muito suscetível à degradação com o passar do tempo. Sofre muito facilmente com agentes químicos e biológicos (como cupins, por exemplo) e o seu tratamento é essencial para proporcionar maior durabilidade.

A resina acrílica é uma das formas de agregar à madeira propriedades ainda mais interessantes, como resistência, impermeabilidade, brilho e, claro, durabilidade.

Sendo assim, uma ótima opção para quem deseja ter algo de madeira é passar um pouco de resina em sua superfície.

Para isso, é essencial que a peça de madeira esteja devidamente preparada, ou seja: sem umidade, lixada e extremamente limpa. Somente dessa forma é possível garantir que a resina proporcione o aspecto físico desejado.

No momento da aplicação, a resina deve ser devidamente misturada com os agentes catalisadores indicados e na proporção recomendada (varia de acordo com o fornecedor).

A resina do tipo acrílica não é a única que serve para ser aplicada em madeira. A resina tipo epóxi, por exemplo, consegue fazer composições incríveis que vão muito além de uma camada de proteção.

O modelo de mesa resinada, por exemplo, está cada vez mais comum em casas onde os móveis são mais personalizados.

Resina Acrílica para Artesanato

Outra utilidade na qual a resina acrílica aparece como protagonista é como resina para artesanato.

O artesanato é fonte de renda para muitas pessoas e o intuito é produzir coisas manualmente. Na grande maioria das vezes a matéria prima para tudo isso é madeira e versões de polímeros.

A resina ganhou muito espaço no artesanato, incluindo peças que são vendidas a altos valores por serem exclusivas e com acabamento perfeito.

No caso da resina tipo acrílica, ela pode ser encontrada de diversas maneiras. A tinta acrílica, por exemplo, é uma forma desta resina.

Mas pensando em sua aplicação na forma mais pura, ela pode ser usada em qualquer tipo de acabamento, por exemplo.

As peças feitas em madeira podem usar a resina acrílica incolor e transparente somente para agregar as melhores propriedades da substância (durabilidade, resistência e brilho, por exemplo).

Outra forma é utilizando essa resina como forma de molde. Como tem uma alta trabalhabilidade, é possível fazer n coisas essa substância (objetos 3D em geral).

Sendo o custo da resina muito bom, o custo das peças é baixo, o que torna a margem de lucro maior.

Qual o preço de uma resina acrílica?

Já falamos sobre a composição, principais características, possibilidades de variações e onde comumente é aplicada a resina acrílica, mas e sobre o valor?

Falou-se da boa relação de custo benefício do material, mas qual é a margem de preço desse produto?

O preço da resina é bem variado e depende muito de fornecedor para fornecedor. Entretanto, é possível encontrar opções de R$20,00 a R$40,00 cerca de 1 kg de produto.

É um produto bem acessível, versátil e utilizado amplamente como acabamento de revestimentos.

É fundamental buscar um bom fornecedor de resina acrílica para garantir que as propriedades prometidas sejam, de fato, atingidas. Além disso, a aplicação deve ser feita cautelosamente e seguindo as recomendações dos fabricantes.